Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

A fraude do ossuário de Jacob, o irmão de Jesus




Tratar de decifrar a história sempre é uma tarefa árdua e difícil, mais ainda se aparecem oportunistas, gente sem escrúpulos que por ambição, reconhecimento ou dinheiro fácil tratam de tergiversar a história para seu próprio proveito.

Este foi o caso de um tal Oded Golan, um colecionador de antiguidades que em 2002 apareceu com uma urna de pedra que dizia ser o ossuário de Jacob, irmão de Jesus. Tal afirmação baseava-se em uma inscrição na lateral da urna onde podia ser lido:

"Já’akov Bar Yoshef Akhui dei Yehshúah"

"Jacob, filho de José, irmão de Jesus"


Grande parte da comunidade científica não cabia em si de alegria. Se aquilo fosse autêntico, seria a primeira prova material concreta sobre a existência de Jesus e sua família.

Realizaram então dezenas de testes com a urna e chegaram a conclusão de que datava do século I, da zona e da época onde viveu Jesus e quase com segurança que pertencia à tumba dos dez ossuários, o que confirmava ainda mais a sua autenticidade.


Salvo alguns cientistas mais céticos, quase todo o mundo acreditou na descoberta que inclusive foi exposta em diversos museus. Só que em 2004 Oded voltou a aparecer com outra bombástica descoberta. Tratava-se de uma lousa do famoso templo de Salomão, do qual não existe mais nenhuma evidência material após que que Tito o arrasasse no ano 70. A peça efetivamente era muito antiga mas alguns erros lingüísticos na inscrição deixou os pesquisadores intrigados.

Submeteram a pedar por diversos testes e exames por geólogos e químicos e descobriram na superfície da lousa uns microscópicos fósseis marinhos. Ninguém sabe a localização exata do templo de Salomão, mas é fato que ele estava bem longe da costa marinha, de modo que a pedra era mais falsa que uma nota de 3 reais.

Os especialistas descobriram que para dar um aspecto de antigo à pedra, Oded recobriu a lousa com uma pátina especial feita a base de pedra recolhida em uma zona costera. A pedra era muito antiga mas continha os bichinhos que delataram a falsidade da peça.

Esta descoberta chamou a atenção sobre o ossuário de Jacob e após as mesmas análises descobriu-se que ainda que a urna fosse autêntica e que tenha sido roubada dos dez ossuários, a inscrição tinha sido retocada. A primeira parte, o de "Jacob, filho de José" era autêntico, mas "irmão de Jesus" foi acrescentado posteriormente e envelhecido com a mesma pátina patina especial. Oded Golan encontra-se atualmente preso em um presídio Israelense.
Fonte: Mdig

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores