Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

CIENTEC - 2011 - UFRN











A CIENTEC realmente, mais uma vez, foi destaque no campus central da UFRN. Como tinha dito na postagem anterior a esta pude participar, pela primeira vez, deste maravilhoso evento que reuniu estudantes professores e comunidade em geral. É o momento em que a universidade é aberta a todos e todos participam deste maravilhoso evento aprendendo e ensinando.




Meus seguidores do microblog TWITTER puderam acompanhar diariamente todos os momentos da CIENTEC que participei, os que não me seguem pelo TWITTER poderão verificar em resumo o que foi esta semana por este blog.





Começo dizendo que a iniciativa de minha participação e dos meus colegas no evento se deve a coordenadora do curso de FÍSICA Auta Stella, que solicitando ao senhor prof. Ferreira vagas para a monitoria da apresentação do projeto - PARQUE DA CIÊNCIA, uma iniciativa do professor Ferreira que busca mostrar princípios físicos a partir de eventos experimentais de baixo custo, um projeto que surte efeito a anos e que realmente desperta a atenção e curiosidade dos que estão participando como visitantes da CIENTEC, estes alunos de outras escolas, universitários e comunidade em geral.

Logo, não posso deixar de prestar os meus agradecimentos a pessoa do professor Ferreira pela oportunidade de abrir estas vagas para a monitoria no Parque da ciência na CIENTEC. Além de agradecer, expressar a minha alegria e minha satisfação de conviver estes dias com meus colegas e professores de curso. Realmente inesquecível.



A CIENTEC - 2011 fez referencia ao ano internacional da química e os projetos se estenderam durante a semana no intuito de mostrar para a comunidade a necessidade de um mundo mais voltado a sustentabilidade. Os stands estavam focalizando este tema. O curso de química desenvolveu trabalhos de conceitos de ácidos e bases, qualidade de combustíveis e testes nos mesmos, reciclagem e orientação. O curso de engenharia usou de projetos de casas ecologicamente corretas, existia uma feira de livros, planetário e claro o parque da ciência onde fiquei instalado como monitor.

Durante a semana de CIENTEC a UFRN recebeu muitos visitantes, tendo início, as visitações, às 7:00Hs e finalizando as exposições às 22:00Hs, com universidade sempre cheia e shows do palco principal, além da presença da ciência a cultura também se destacou.

Devido o fluxo de pessoas e o super trabalho durante a CIENTEC fiz algumas fotografias, apenas do parque da ciência, a desvantagem é que quem faz as fotos, geralmente, não aparece nelas, mas, está valendo.

CIENTEC/2011 - EU ESTOU LÁ,E VOCÊ TAMBÉM!



No próximo dia 17 de outubro estarei participando da XVII CIENTEC- Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura - na UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Natal / RN.
A CIENTEC tem como objetivo principal mostrar os principais fundamentos de suas atividades científicas, tecnológicas e culturais, buscando, dessa forma, uma interface com a sociedade.
Ao adotar como tema da CIENTEC 2011 “Inovação para o desenvolvimento sustentável”, a UFRN presta uma homenagem ao Ano Internacional da Química e possibilita uma ampla reflexão sobre as condições de sustentabilidade como um tema complexo, o qual requer a contribuição de inúmeras áreas do conhecimento e necessita de novas formas de pensar, identificando, assim, as alternativas para a construção de relações harmônicas entre os seres humanos e entre estes e seu ambiente natural.

A Universidade enquanto espaço da troca de conhecimento e do diálogo de idéias, organiza a Mostra a partir de pavilhões que abrigarão exposições interativas e transdisciplinares, enfocando as produções dos centros acadêmicos e dos órgãos especializados e suplementares. Ademais, a programação cultural da CIENTEC promoverá a apresentação de uma grande quantidade de espetáculos de dança, música, corais e cinema, compondo a moldura artístico-cultural desse evento de grande relevância para uma interação entre a Universidade, seus parceiros e a sociedade em geral.
Durante esta passagem pela minha Universidade estarei postando algumas fotos e alguns artigos para que o leitor do blog possa estar também participando do CIENTEC/2011.
O que irá acontecer no CIENTEC 2011?

.III SEMINÁRIO DE EXTENSÃO E DEMOCRATIZAÇÃO DA CULTURA-SEDEC: Construindo um processo de Educação Musical pelo caminho da Interdisciplinaridade.
Descrição do evento: "Este evento, que será realizado no período de 17 a 20 de outubro, terá um caráter de espaço coletivo onde se reunirão aproximadamente 150 integrantes, dos 11 núcleos localizados no RN e AL, e contemplará uma extensa programação, com diferentes atividades: mesas-redondas, exibição de vídeos, palestras, dinâmicas de integração, rodas de conversa. O principal tema a ser abordado é "A Interdisciplinaridade aplicada como processo metodológico nas atividades do Pau e Lata e na Extensão Universitária". Para a realização desse evento, grupo Pau e Lata conta com a parceria da PROEX, EMUFRN, NAC, OSRN, MINC, UNIPOP (Universidade Popular do Nordeste), FREPOP (Fórum Latino- Americano de Educação Popular), RECID/RN e do Mandato Popular do Deputado Fernando Mineiro."
.XXII SEMANA DE MATEMÁTICA E II SIMPÓSIO DE MATEMÁTICA APLICADA - 17 a 21 de outubro de 2011
.IV SEMANA DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFRN (SEE) - 17 a 21 de outubro de 2011
Descrição do evento: "A Semana de Engenharia Elétrica (SEE) é um evento que ocorre na Universidade Federal do Rio Grande do Norte a cada 2 anos no intuito de reunir alunos, professores e profissionais de Engenharia Elétrica de todo Brasil. Através de atividades como palestras, minicursos ou mesas redondas, a idéia é criar um ambiente favorável à troca de conhecimentos e atualização dos participantes do evento. Esse ano, para a quarta edição do evento, foi escolhido como tema: 'NOSSO FUTURO À ESCALA NANOMÉTRICA'. Este tema, que salienta um dos desafios científico-econômicos atuais do país, guiará em particular as atividades durante um 'turno temático' previsto na programação do evento."
.I ENCONTRO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA - 19 a 21 de outubro de 2011
Descrição do evento: "Local: Centro de Biociências. Público-alvo: Professores de Ciências e Biologia da rede pública. Nº de Vagas: 100. Máximo de participantes de cada oficina: 25 professores. Abertura: 19 de Outubro às 18h no Anfiteatro das Aves. Conferência: Desafios no Ensino de Ciências e Tecnologia - Conferencista: Profª. Lucymara Fassarella"
.XVII MOSTRA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E CULTURA DO RIO GRANDE DO NORTE - CIENTEC
.XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - CIC
.SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - SID
.V MOSTRA DE CORAIS
.V MOSTRA DE MÚSICA DE CÂMARA
.X MOSTRA DE DANÇA DA UFRN
.VII SALÃO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA
.V OLÍMPIADA DESPORTIVA DA UFRN
.MOSTRA DO PROGRAMA TRILHAS POTIGUARES
.III SEMINÁRIO EM DIREITOS HUMANOS DA UFRN
.FEIRA DE LIVROS E QUADRINHOS DE NATAL - FLIQ
.MOSTRA DE ARTE, CULTURA E CONHECIMENTO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE NATAL - MARCO
.CIRCO CULTURAL




Halo Solar foi visto no interior do RN.







Hoje eu estava no twiter teclando quando um dos meus seguidores - ICARO MOURA - da cidade de BARAÚNA/RN postou uma foto do sol. A sua mensagem me chamou atenção e eu fui conferir lá fora o que estava acontecendo. Me deparei com um fenômeno óptico muito interessante conhecido como Halo Solar.
O Halo Solar é uma espécie de anel de luz, o halo rodeia um objeto que pode ser o sol ou a lua. Como se forma na troposfera superior, eles pode ser visto de diversas partes da superfície terrestre.

O Halo acontece porque a luz é refletida e refrectada por cristais de gelo que se organizam de forma particular ao redor do astro. Esse reflexo pode s dividir em cores formando uma espécie de arco-íris circulas, algo realmente incrível.

Para que ele aconteça é preciso que existam cristais de gelo na atmosfera e que esses cristais sejam atravessados pela luz solar. Às vezes o fenômeno pode ser observado ao redor da lua, o que é relativamente comum.

O halo Solar dete Domingo pôde ser observado da cidade de Martins, Baraúna e Mossoró.
Todo oeste potiguar teve oportunidade de verificar o fenômeno.
Nosso amigo ICARO MOURA nos enviou algumas fotografias do céu de sua cidade confiram abaixo a que eu achei mais legal.


O blog Ciências aqui!!! agradece a contribuição do ÍCARO MOURA e deseja bons Céus para ele.


Fotos: Abertura do artigo: Rennan Lopes/ Martins RN

Fim do artigo: Ícaro Moura/Baraúna RN

Category: 0 comentários

TEORIA DA RELATIVIDADE GERAL VALE EM ESCALA CÓSMICA.



Uma equipe de astrofísicos confirmou que a teoria da relatividade geral de Albert Einstein é válida em escala cósmica, e não só no sistema solar, ao comprovar que a gravidade influi na luz procedente de longínquos conglomerados galácticos, segundo estudo publicado na edição desta quarta-feira da revista Nature. Por puro acaso, esta pesquisa, que ainda precisa de confirmação, foi publicada alguns dias depois de uma descoberta que lançou dúvidas sobre a teoria de Einstein. Uma equipe de físicos detectou neutrinos, partículas elementares da matéria, deslocando-se a uma velocidade sutilmente superior à da luz, um "limite insuperável" segundo a teoria da relatividade. Muito antes deles, Radek Wojtak (Dark Cosmology Centre, da Universidade de Copenhague) e seus colegas tentavam confirmar a teoria de Einstein, analisando a luz que chega à Terra de galáxias situadas nos 8 mil conglomerados, cada um dos quais é formado por milhares de galáxias. Segundo esta pesquisa, a gravidade garante a coesão dos agrupamentos, mas também influi na luz que cada uma das galáxias emite no espaço. De acordo com a teoria de Einstein, a frequência da luz diminui e seu comprimento de onda se amplia por efeito da gravidade. Como consequência disso, ocorre um desvio do espectro luminoso para o vermelho ("redshift") gravitacional, diferente do que provoca o distanciamento das galáxias. Comparando o comprimento de onda da luz procedente das galáxias situadas no coração dos conglomerados, onde a gravidade (atração universal) é mais forte, ao das galáxias situadas na periferia, a equipe de astrofísicos conseguiu medir "pequenas diferenças em seu "redshift", explicou Radek Wojtak. "Vimos que a luz das galáxias situadas no meio de um conglomerado demora para sair do campo gravitacional, enquanto que a luz das galáxias periféricas emerge mais facilmente", acrescentou o cientista em um comunicado. Uma vez calculada a massa de cada conglomerado galáctico, os astrofísicos usaram a teoria da relatividade geral para avaliar o "redshift gravitacional" das galáxias segundo sua posição no conjunto. Estes "cálculos teóricos" do "redshift" gravitacional se mostraram "completamente em consonância com as observações", reforçou Wojtak. O desvio para o vermelho varia "proporcionalmente em função da influência gravitacional dos conglomerados galácticos", disse. "Nossas observações confirmam, assim, a teoria da relatividade", destacou. Foram feitos testes na escala do sistema solar ou de algumas estrelas. Por enquanto, foi "comprovada a escala cósmica e isto confirma que a teoria da relatividade geral funciona", concluiu o cientista. A equipe de astrofísicos comparou os resultados obtidos com as previsões de vários modelos cosmológicos. Segundo Wojtak, há "fortes indícios da presença de uma energia escura" responsável pela aceleração da expansão do universo, mas ele não descarta que possa haver outros motivos. Segundo cálculos baseados na teoria da relatividade geral, uma energia escura de natureza desconhecida representa 72% do universo. Uma matéria escura misteriosa, invisível, constituiria 23% e teria 5% de matéria visível, formada, por exemplo, de estrelas e planetas.



Créditos: Prof. Ciclâmio Barreto - UFRN
Category: 0 comentários

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores