Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

Clique e veja a lua

Clique e veja nosso planeta.

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria







O que é um KVA?


O kVA é uma medida de potência elétrica, chamada potência aparente. Suponhamos que a energia se destinava a alimentar apenas receptores resistivos, ou seja, aquecedores, torradeiras, etc. Este tipo de receptor consumisse toda a energia que recebesse. A potência que se consome desta forma chama-se potência ativa. Como estes receptores consomem toda a energia que recebem, a potência aparente que lhes é fornecida (em kVA) é igual à potência ativa que consomem (em Watt).

Suponhamos que juntemos motores elétricos aos receptores anteriores. Os motores elétricos consomem energia (ativa) quando estão a realizar trabalho e também devido a perdas devidas ao seu próprio aquecimento e ainda a perdas por atritos quando estão em rotação e a outras perdas (magnéticas). Além desta energia ativa, os motores necessitam de uma parcela de energia que não é consumida. Esta energia, chamada reativa, destina-se a produzir o campo magnético com que o motor funciona. É necessário fornecer ao motor uma potência (aparente) maior que a potência (ativa) que ele consome. É por isso que os fornecedores de energia cobram dos grandes consumidores não só a energia ativa (medida com contadores de energia ativa) mas também energia reativa (medida com contadores de energia ativa). Se assim não fosse, forneciam uma potência aparente (em kVA), mas o consumidor só pagava a potência ativa (em W).

Uma subestação que fornece 10 000 kVA pode fornecer um valor de 8 000 kW, por exemplo, pois a restante potência destina-se a abastecer os consumidores com potência reativa (medida em VAr). Note-se a potência aparente NÃO é a soma aritmética da potência ativa com a potência reativa.

o Kva, portanto, é a medida obtida pelo produto VxA, ou seja, tensão vezes corrente. Há uma diferença entre o Kw e o Kva nos circuitos de motores pois eles não são cargas resistivas como lâmpadas e chuveiros, eles são cargas reativas, e por isso causam uma defasagem angular entre tensão e corrente, por isso, o trabalho realizado pelo Kva é menor, assim precisamos de uma constante chamada de Fator de Pontencia, que é o cosseno do ângulo entre a parte real e a parte imaginária. O Kva ( Potência aparente) é a medida mais franca quando você quer dimensiaonar uma carga, pois ela é baseada na corrente, e não no consumo efetivo ( Potencia Ativa Kw). Para descobrir o Kva basta dividir a potência ativa ( Kw) pela fator de potência, ou cosseno do ângulo como alguns chamam. Ficando Assim; Kva = Kw / fp Isso é o suficiente, se voce tivesse a tensão e a corrente também poderia fazer por um outro método. VA = V x A O fator de potência vem descrito em cada motor, mas em geral é 0,8 , por isso se você não achar escrito na placa pode jogar este valor aproximado. Se você desejar achar a corrente basta dividir o Kva pela tensão. I = Kva / v

Fonte: Eléktron Juvemil

5 comentários:

Contrabaixista disse...

Parabéns bem Explicado, trabalho com controle de Demanda..

Cidadao do mundo disse...

Muito boa a explicação. Muito esclarecedora. Contudo penso que faltaram imagens ou ilustrações. para melhor esclarecer. Poderia por exemplo ter mostrado o triângulo rectângulo das potencias. Aquele velho ditado... uma imagem vale por mil palavras!Sem querer tirar o mérito. Parabéns.

Cidadao do mundo disse...

Muito bem explicado. teoricamente esclarecedor, contudo faltaram imagens para melhor esclarecer. poderia por exemplo ter desenhado o triângulo rectângulo das potencias. Somente uma correção, sem querer tirar o mérito. Parabéns!

Cidadao do mundo disse...

Muito esclarecedor.

Cidadao do mundo disse...

muito esclarecedor. parabéns!

ENVIE UM EMAIL PARA O BLOG CIÊNCIAS AQUI!!!

Ciências aqui!!!

Loading...

Jornada de foguetes

Loading...

Tecnologias Espaciais.

Loading...

Expocef - Martins RN

Loading...

Seja nosso parceiro

CIÊNCIAS AQUI!!!

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores