Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

UNIVERSOS PARALELOS, CINEMA E MUITA FÍSICA


Quem nunca sonhou ou ficou fascinado com assuntos que falam sobre dimensões, teletransporte, viagens no tempo, universos paralelos?
Quem não gostaria de saber com teria sido sua vida se tivesse optado por outros caminhos?
Hiperespaços (Universos paralelos), é uma teoria defendida por alguns, que acreditam que existem outras realidades, planos de existência paralelos que não enxergamos. Como no filme de ficção,'As Crônica de Narnia' de C.S. Lewis, onde os personagens vivem aventuras em outros universos, passando por portais ocultos na natureza.
Essas dimensões apesar de nunca terem sido provadas, foi e continua sendo muito explorada pelo cinema de ficção.



Para entender melhor esse assunto, precisamos voltar lá na Grécia antiga, quando Euclides acreditava em três dimensões do universo: para baixo, para cima e para os lados.
Em 1905, Einstein descobre através de seus estudos de física, que o espaço e o tempo eram flexíveis e manipuláveis, de modo que era possível encolher o tamanho de um centímetro ou esticar a duração de um segundo. Dessa maneira, Einstein acreditava que a modificação do tempo atingiria a transformação do espaço e vice versa. O tempo do ponto de vista físico não se difere do espaço, espaço e tempo é 'continuum'.
Para complicar mais ainda essa história toda, Einstein aprofundou a Teoria da Relatividade e percebeu que a gravidade era uma distorção na geometria das 4 dimensões e não três dimensões com acreditava Euclides.
Mas em 1920 dois cientistas: Theodor Kaluza e Oskar Klein, em estudos distintos, perceberam que, se a relatividade geral fosse reescrita para acomodar 5 dimensões, em vez de 4, as equações do eletromagnetismo surgiam dela. Mas até onde se pode enxergar, o universo só possui 4 dimensões. Em 1926, Klein afirmava que a quinta dimensão não podia ser vista porque ela estaria enrolada em si mesma.
Até que surgiu a Teoria das Supercordas - que diz que as partículas que compõem o universo teriam a forma de cordas vibrantes, onde cada vibração dá as caracteristica da partícula - uma premissa para os cientístas, capaz de descrever todos os componentes da natureza numa única teoria, que só seria verdadeira se o Cosmos possuísse 26 dimensões.
Contudo, os cientístas, acham que é muita dimensão oculta, perto das 4 que são visíveis.
Os estudos atuais conseguiram cair esse número para 10 dimensões. Caso seja comprovada a teoria das supercordas, ficará provado que o universo possui várias dimensões enroladas e invísiveis. Mas até então, tudo isso é apenas teoria, suposições.

Enquanto isso não acontece podemos continuar a assistir os sensacionais filmes que o cinema produziu e que deixariam até mesmo Einstein de Boca Aberta ou de cabelos em Pé!
Desafiando a Física no Cinema


De Volta Para o Futuro - Trilogia (1985/ 1989/ 1990) – Com produção de Steven Spielberg, marcou uma geração com o inesquecível cientista louco Emmet Brown (Christopher Lloyd) que leva o adolescente Marty McFly (Michael J. Fox) e o cachorro Einstein em viagens no tempo a bordo do carro Delorean DMC-12. Os enlouquecidos pelo sci-fi e por conceitos de física deliram. No segundo filme, os carros de 2015 podem até voar.

Jumper - O que permite David Rice (Hayden Christensen) viajar para qualquer lugar do mundo apenas com o poder do pensamento é uma anomalia genética que ele só descobre na adolescência, mas que foi responsável por muitos dos estranhos acontecimentos de sua vida.

Dejá Vù - Durante as investigações de um atentado terrorista, Doug Carlin (Denzel Washington) se depara com o corpo de uma jovem (Hale Berry) assassinada que parece não se encaixar na cena do crime. Ao tentar desvendar o mistério, o agente encontra pistas que parecem ter sido deixadas por ele mesmo. É quando descobre que o governo sabe como espionar o passado e até mesmo como teletransportar objetos e pessoas para lá.

Efeito Borboleta - Todo mundo já quis voltar no passado para modificar a própria vida. É o que o personagem Evan (Ashton Kutcher) faz ao descobrir que consegue retornar ao corpo de criança com sua consciência adulta, podendo mudar os acontecimentos. No entanto, descobre que o futuro pode ficar muito diferente do que o imaginado.

Stargate - Um egiptólogo (James Spader) é convocado pelo exército para traduzir hieróglifos gravados em um anel encontrado numa escavação. Mas esse artefato se revela, na verdade, um portal estelar que leva os integrantes de uma expedição a um outro planeta, habitado por uma civilização semelhante a do antigo Egito.

Veja resumo em vídeo no you tube:

FONTE: REVISTA MONET/WIKIPEDIA/SUPERINTERESSANTE

Category: 0 comentários

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores