Relógio carbônico

Blog monitorado

Monitoramento de terremotos

Image and video hosting by TinyPic

O sol hoje! clique aqui.

sun

Clique e veja a lua

moon

Clique e veja nosso planeta.

eart

Tempo

OBA

TRADUTOR

Arquivo do Blog

Parceria

QUÍMICA PERIÓDICA

EDUCADORES MULTIPLICADORES

ANO DE 2012 SERÁ MAIS LONGO E TERÁ 1s A MAIS.



No dia 31 de dezembro de 2008, todos os relógios do planeta foram reajustados obrigatoriamente em 1 segundo fazendo com que os fogos de artifício demorassem um pouquinho mais para iluminar o novo ano. Agora será a vez das festas juninas, que levarão mais tempo para acabar!
A proposta de aumentar em 1 segundo o ano de 2012 foi feita pelo Serviço Internacional de Sistemas de Referência de Rotação da Terra e deverá ser aprovada em uma reunião que acontece nesta semana em Genebra. Esse "segundo extra" será incorporado ao último segundo do dia 30 de junho.

Essa mudança no tempo é necessária para sincronizar os relógios atômicos de todo o mundo com o movimento de rotação da Terra. A última vez que isso aconteceu foi em 2008. Por ser bissexto, 2012 terá 31.546.001 segundos.


Rotação da Terra
O motivo desse acerto é que a rotação do nosso planeta não é tão precisa quanto os relógios atômicos que coordenam o tempo mundial.

Por diversos motivos, entre eles a redisposição das massas oceânicas e continentais e as influências gravitacionais dos planetas, a Terra gira mais rápido ou mais devagar, fazendo o horário ficar desatualizado. Em 2005, por exemplo, os relógios atômicos foram ajustados em alguns microssegundos para compensar os efeitos do tsunami que atingiu o sul da Ásia no final de 2004.

Desde 1967, quando o tempo mundial passou a ser coordenado, até os dias de hoje já foram acrescentados 34 segundos ao tempo dos relógios atômicos devido aos atrasos da rotação da Terra. O segundo extra de 2012 será o trigésimo quinto.

Apesar de 1 segundo parecer pouco, se nada fosse feito ao longo dos anos os relógios ficariam completamente fora de sincronismo com a rotação da Terra.


Relógio Atômico
Desde 1967, a hora mundial é mantida por relógios atômicos altamente estáveis, que usam como padrão de tempo as oscilações dos átomos do Césio 133. Ao contrário dos relógios comuns que usam mecanismos de corda ou oscilações de cristais de quartzo, nos relógios atômicos cada segundo é representado por 9.192.631.770 oscilações naturais do nível de energia do Césio 133. Apesar de ser altamente estável, relógios de Césio-133 atrasam aproximadamente 1 segundo a cada 65 mil anos.


GPS
O sistema GPS de posicionamento global também utiliza o padrão do Césio-133 para calcular o tempo que os sinais dos satélites levam para chegar até os receptores. Assim, se nada fosse feito haveria um gigantesco erro de 1 segundo entre as medidas de tempo, o que poderia representar grandes erros de cálculo. No entanto, se você utiliza equipamentos de GPS não precisa se preocupar. O próprio sistema se encarregará de efetuar a mudança de horário no seu receptor, mantendo a precisão do sistema.


Na Prática
Do ponto de vista prático, a introdução do segundo extra não vai ser percebida. Normalmente os computadores, celulares, etc., sincronizam seus relógios com algum dos inúmeros relógios atômicos espalhados pelo mundo e automaticamente farão a correção. Assim, quando os relógios marcarem zero hora do dia primeiro, não se preocupe. Provavelmente eles estarão certinhos!


FONTE:

Category: 0 comentários

0 comentários:

Quem sou eu

Minha foto

Sou professor da rede privada de ensino lecionando as disciplinas Física, Química, Matemática e Ciências no COLÉGIO EFETIVO/MARTINS - RN. Graduado em Ciências com habilitação em Matemática - Licenciatura Plena - pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN -, graduado em Física - Licenciatura Plena - pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Professor de Física aplicada a radiologia, física aplicada ao petróleo e gás e Desenho técnico de cursos técnicos ministrados pela CENPE cursos, unidade Patu RN

Postagens populares

Seguidores